Um semestre muito louco: a retrospectiva d’O Container Diário

Foto: Pixabay / Valdas Miskinis


O ano de 2021 foi um ano muito maluco no mundo dos containers. Você, que trabalha nessa área, está careca de saber. Apesar disso tudo, também foi um ano especial para este blog, que ressurgiu das profundezas do porão para relatar um pouco do caos que tem sido o transporte marítimo ultimamente.

O Container Diário nasceu oficialmente em 2019 e, na época, durou poucos meses, atrapalhado no meio de uma rotina louca entre trabalho insano e pós-graduação. No segundo semestre de 2021, ele foi reativado e, desde agosto, temos tentado trazer algumas novidades do transporte marítimo internacional em bom português brasileiro (vulgo PT-BR) e, sempre que possível, com descontração e piadas ruins.

Aqui vai um apanhado do que chamou a nossa atenção e a do público entre um total de 47 posts que publicamos nos últimos seis meses.

Agosto

Caos em Ningbo! (Reprodução/MarineTraffic)


Começamos com a notícia bombástica de que um dos terminais do porto de Ningbo foi totalmente fechado depois que um único caso de Covid-19 foi detectado entre os trabalhadores. Esse porto é essencial para as importações brasileiras e trouxe ainda mais caos para o nosso comex. O terminal de Meishan foi reaberto após quase duas semanas.

O mercado estava louco atrás dos containers vazios que, aparentemente, sumiram do mapa, quando o diretor do porto de Los Angeles chocou o povo ao dizer: “Estamos exportando ar!

Depois de ter bloqueado o Canal de Suez em março, o EVER GIVEN passou de novo pelo Canal de Suez e… deu tudo certo dessa vez.

Setembro

Containers em graneleiros: aconteceu (Reprodução/Bureau Veritas)


Um mês em que discretamente publicamos apenas dois posts: a Hapag-Lloyd estava adotando o B/L eletrônico para quem o quisesse usar; e, diante do caos dos navios e portos, o Bureau Veritas lançou um guia com instruções de segurança para o carregamento de containers em navios graneleiros.

Nesse período, passamos por uma grande reforma e trocamos o servidor, a plataforma de hospedagem, o visual e até a nossa logo. Uma recauchutada geral que nos levou ao que você está vendo aqui agora.

Outubro

Teve até ataque pirata (Reprodução / Min. da Defesa da Rússia)


O povo ficou animado com a notícia de que a HMM estava disponibilizando um novo serviço conectando a Ásia e a América Latina.

E o caos continuou reinando, já que um navio pegou fogo na costa do Canadá depois que alguns containers tombaram; e que a marinha russa interrompeu um ataque pirata na costa oeste da África – em um exemplo bem claro da complexidade que envolve a geopolítica global e a distribuição de forças militares em mares internacionais, além, é claro, de todo o contexto da pirataria que ainda persiste.

Novembro

“Faz-me rir”, dizem os armadores (Reprodução / Pixabay)


Em novembro, os armadores divulgaram os lucros astronômicos obtidos no terceiro trimestre. A CMA CGM lucrou US$ 5,6 bilhões e disse que ainda iria melhorar; a Hapag-Lloyd aumentou seus ganhos em dez vezes; e a HMM aumentou o lucro em nada menos do que NOVE MIL PORCENTO.

Tudo isso em meio a um cenário logístico absolutamente caótico e calamitoso, com fretes caríssimos que não devem voltar a níveis “normais” antes de 2023. O povo ficou brabo.

Dezembro

Quem segura a MSC? (Divulgação)


Enquanto uma revista americana botava o Papai Noel para trabalhar de prático e estivador e operador de guindaste e salvador da pátria, uma agência divulgou que, só no terceiro trimestre, os armadores lucraram mais do que nos últimos ONZE anos somados. O povo ficou mais brabo ainda.

A Maersk divulgou o visual (esquisito? inovador?) dos primeiros porta-containers totalmente neutros em carbono; enquanto isso, a MSC adquiria a brasileira Log-In e se tornava o maior armador do mundo, depois de anos de domínio da gigante dinamarquesa.

Merecem uma menção honrosa, porém não conseguimos cobrir a tempo:
1) Obviamente, o dramático encalhe e bloqueio do Canal de Suez, em março;
2) a aprovação da BR do Mar, que promete dar uma turbinada na cabotagem brasileira;
3) …Lembrou de algo que estamos deixando passar? Escreve aí nos comentários!

Foi um ano louco, em que mal demos conta de relatar a quantidade de coisas que aconteceram na indústria enquanto estivemos em atividade nesse último semestre. Para 2022, esperamos poder expandir a abordagem e torcemos para contar com você nessa jornada!

Agora agiliza, que o Ano Novo Chinês é no comecinho de fevereiro e já vai dar o deadline do gate-in. Cadê aquele vazio que tava aqui????

***Ainda não tá seguindo O Container Diário no LinkedIn??? E no Instagram???***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s