Para driblar crise, empresa chinesa de móveis encomenda seu próprio navio

Foto ilustrativa: A.Savin / WikiCommons


Que o caos está reinando na logística internacional, já faz tempo que não é novidade. Enquanto falta navios e containers e bookings e janelas e os fretes continuam altíssimos e os maiores portos do mundo permanecem congestionados, grandes empresas têm dado seus pulos para manter suas cadeias de suprimentos rodando.

Ikea e Walmart, por exemplo, chegaram a afretar porta-containers. A Coca-Cola transportou insumos em graneleiros, e operações similares também foram realizadas por empresas brasileiras.

Pois bem. Uma companhia chinesa de móveis chamada Loctek deu um passo além e ordenou, ela própria, a construção de um navio porta-containers, segundo informações divulgadas pelo site TradeWinds na última sexta-feira (28). O site Yicai Global, da mídia estatal chinesa, também divulgou a mesma informação.

De acordo com esses dois sites, o navio teria capacidade para 1.800 TEUs, com previsão de entrega para março de 2023 e custaria cerca de US$ 32,6 milhões. O projeto da construção estaria a cargo da Hunghai Shipbuilding, uma companhia também chinesa.

(Não sabe o que é TEU? Vem aqui, que a gente explica)

É como se a empresa dissesse: “Se é pra pagar esse frete e ainda chegar tudo atrasado, deixa que eu mesma levo, então!”

Segundo o TradeWinds, a Loctek justificou essa jogada como uma alternativa para aumentar sua competitividade e acelerar o desenvolvimento de seus negócios online, que estariam crescendo de forma exponencial.

“Desde o início da pandemia em 2020, a eficiência dos portos globais tem sido baixa, e isso tem afetado as cadeias de suprimentos. Do outro lado, o e-commerce global e o comércio online estão em pleno crescimento”, afirmou a companhia.

Dessa forma, segundo a Loctek, além de encontrar uma alternativa para entregar seus produtos, a empresa teria maior controle sobre seus custos de frete.


Fontes: TradeWinds, Yicai Global, Splash247, Maritime Executive

***A seguir, confira nosso especial: O que é o Ano Novo Chinês? E por que vai ser mais difícil em 2022?***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s